Discografia Kortatu (1985-1988)

quinta-feira, 15 de julho de 2010

Saudações Anarquistas, à pedidos, aqui vai uma banda que engloba três estilos em seu som. O street/punk o punk rock e o ska/punk. Kortatu é uma banda muito importânte na história do ska espanhol, pois eles foram uns dos primeiros a introduzir o ska na Espanha. Suas idéias de esquerda marxista não me agradam, por isso não ouço suas músicas que retratam sua ideologia. As poucas músicas que ouço são geralmente os exelentes covers que eles fazem de músicas do Clash, STF, Business, etc... Espero que gostem.
Kortatu foi um grupo musical basco fundado em 1984 en Irún, Guipúzcoa (Espanha - na região do País Basco). Formaram parte do denominado rock radical basco e foram pioneiros em introduzir o ska na Espanha, sempre com uma base punk de fundo.
Uma de suas principais influências foi o grupo britânico The Clash. Suas letras inicialmente se alternaram entre o idioma castelhano e o euskera, para finalmente adotar exclusivamente este último. Nunca ocultaram sua simpatia em relação à esquerda abertzale (nacionalista basca).
Algumas de suas músicas que merecem destaque são: "Gernika 37-87" (em homenagem ao povoado basco de Guernica bombardeado pelos nazistas), "Sarri, sarri" (composta em comemoração à fuga de um militante do ETA da prisão), "Zu Atrapatu Arte", "Etxerat!", "A la calle", "Mierda de Ciudad", "Nicaragua Sandinista", entre várias outras.
Início
Kortatu nasceu em 1984. O grupo era formado pelos irmãos Fermin (guitarra e vocal) e Iñigo Muguruza (baixo e coro), junto a Mattin (bateria) depois de que os Muguruza assistiram a um show do The Clash em San Sebastian e do The Beat em Bilbao. O nome da banda provem de Korta, apelido de Manuel M. Garmendia Zubiarrain, um membro do ETA morto pelas mãos da Guarda Civil Espanhola.
Mattin deixou a bateria dando lugar a Treku Armendariz, que seria baterista até a dissolução da banda. Treku tocava em um grupo chamado Cremental, que se dissolveu quando seus membros viajaram para Londres. Mattin foi com eles para Inglaterra e Treku o substituiu no Kortatu.
Logo após gravou um demo com musicas como “Mierda de ciudad” (adaptação da musica “Drinking and Driving” do The Business), “El ultimo ska” e “Hay algo aqui que va mal” (adaptação de “Doesn’t make it alright” do The Specials). Sua popularidade começou no final do ano quando entraram em estúdio e gravaram três musicas que apareceriam no chamado “Disco de los cuatro” (Sonua, 1985), junto a Cicatriz, Jotakie e Kontuz-Hi!As musicas foram “Nicarágua Sandinista”, “Mierda de ciudad” e “El ultimo ska de Manolo Rastaman”. [Mais Informações]
Links Para Download Álbum's:
Split com Cicatriz/Jotakie/Kontuz-Hi! (1985)
Kortatu (1985)
A la Calle (1986)
El Estado de las Cosas (1986)
Kolpez Kolpe (1988)
Azken Guda Dantza (1988)
Links Para Download Coletâneas:
A Front Line Compilation (1988)

Comments

No response to “Discografia Kortatu (1985-1988)”
Post a Comment | Postar comentários (Atom)

Postar um comentário