Discografia Dominatrix (1997-2008)

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Saudações Anarquistas, já passou a hora da discografia desta banda estar aqui. Então agora estou postando a discografia dessas Riot Girls. Curtam o som.
A Dominatrix é uma banda formada no final de 1995, considerada a precursora do movimento Riot Grrrl no Brasil.
Dominatrix surgiu no fim de 1995, pelas irmãs Isabella e Elisa Gargiulo, além de Estela e Diego. O nome "Dominatrix" só passou a ser utilizado em 1996. A primeira demo foi lançada em janeiro de 1996, chamada Pink Hair Rules, gravada com Elisa (guitarra e vocal), Isabella (baixo e vocal) e Estela (bateria). Em maio de 1996, com mais uma integrante chamada Ana (guitarra), lançaram a segunda demo chamada Little Grrls. Em setembro do mesmo ano, a banda grava duas faixas para a coletânea SP Punk vol II. E partir do fim de 1996, a banda contou com uma nova guitarrista, Eliane (hoje membro das bandas Hats e Lava), e lança, em março de 1997, a demo March 8th.
Em abril de 1997, Eliane deixa a banda. No mês seguinte, como um trio, o Dominatrix lança a quarta demo, intitulada All We Want is Girl Unity, e é convidada a fazer parte da gravadora Teenager in a Box. Seu disco de estréia, Girl Gathering, é lançado em agosto de 1997, contando com as músicas das duas últimas demos. O disco é rapidamente vendido, esgotando das prateleiras nove meses depois.
Em junho de 1998, a banda grava então seu segundo álbum, chamado Self Delight, uma parceria da Teenager in a Box com a gravadora Clorine Records, fundada pela vocalista da banda, Elisa. No fim de 2002, Isabella saiu da banda e Mayra Vescovi entra em seu lugar como baixista. A partir daí, Elisa assumiu controle único do vocal. No mesmo ano, a faixa "Redial" do disco Self Delight aparece na coletânea HC Scene vol 3.
Em junho de 1999, a banda gravou três faixas para o split com a banda Street Bulldogs, que saiu em agosto do mesmo ano pela Clorine Records. Em 2000, a banda lançou duas músicas ("Burn your house down" e "Halo") na coletânea Ataque de Nervos, lançada pela Antimidia Records. Em 2001, lançou 4 músicas em um CD split ("Split Bike") com a banda Dance of Days, pela gravadora Teenager in a Box, e nesta mesma época, Flávia entra na banda.
No ano de 2001, o Dominatrix fez turnê pela Alemanha e pela Holanda, com bandas como S.O.L. e Ebola e tocou no prestigiado festival feminista "LadyFest Amsterdam". Durante os meses de fevereiro e março de 2003, o Dominatrix fez turnê nos EUA com a banda Haggard, do selo Mr. Lady. Tocaram em 14 shows em cidades como Los Angeles, Portland, Olympia, Seattle, entre outras. Deram entrevista para o zine Punk Planet e para várias rádios independentes. Tocaram em faculdades e em lugares clássicos como o Gilman Street, em Berkley, CA. Em Portland, gravaram um EP com quatro músicas inéditas que saiu em agosto de 2003. No mesmo EP, há quatro faixas bônus, as mesmas que saíram no Split Bike.
No ano de 2005, a banda comemorou 10 anos de estrada e no show comemorativo contou com a participação especial da fundadora Isabella, que hoje em dia mora em Milwaukee, Wisconsin.
No ano de 2006, em virtude da saída de Flávia e Mayra por não quererem que a banda cantasse em português, Elisa e Debora Biana (bateria) realizaram audições para escolher as novas guitarrista e baixista da banda. Josieta Lucas (ex-guitarrista do Sündae) e Debora (também integrante do Cínica e Siete Armas) entraram na banda no ano de 2007. No início de 2009 a banda lança o EP "Quem Defende Pra Calar", primeiro registro inteiramente em português do Dominatrix.
Hoje, a formação da banda é Elisa Gargiulo, Adriessa Oliveira (ex guitarrista da banda santista Anti-Corpos) e Pitchu Ferraz (baterista da banda Mercenárias).
Links Para Download:
Girl Gathering (1997)
Self Delight (1998)
Split Street Bulldogs & Dominatrix (2001)
Beauville (2003)
Quem Defende Pra Calar (2008)

Comments

No response to “Discografia Dominatrix (1997-2008)”
Post a Comment | Postar comentários (Atom)

Postar um comentário